Estados Unidos respondem à crise econômica de 1929, mas presença de competidores diminui

O "crash" da Bolsa de Valores em 1929 fez o mundo duvidar do poderio econômico dos EUA, e a economia norte-americana só começou a se recuperar em 1933, com o New Deal do presidente Roosevelt. No esporte, porém, a resposta veio já em 1932, com os Jogos Olímpicos de Los Angeles.

Apesar da recente crise financeira, não faltou dinheiro para organizar os Jogos. Graças ao patrocínio de US$ 1,5 milhão da Prefeitura de Los Angeles e ao apoio da iniciativa privada, várias instalações foram construídas ou reformadas. O Estádio Olímpico, por exemplo, teve a capacidade ampliada de 70 mil para 100 mil lugares. Construiu-se, também, um estádio hípico e o campo de futebol americano da Universidade de Pasadena foi transformado em um velódromo para 85 mil espectadores.
 
A Vila Olímpica, inovação dos Jogos de 1924, foi construída em estilo colonial, com 700 casas pré-fabricadas erguidas sobre um campo de golfe com vista para o oceano Pacífico. Em um detalhe hollywoodiano, a segurança da Vila foi feita por vaqueiros a cavalo.
 
A crise, porém, foi sentida. Os elevados custos da viagem para a costa oeste dos EUA fizeram de Los Angeles-1932 a edição olímpica com a menor participação de atletas desde 1908. Apenas 1.332 esportistas competiram, menos da metade de Paris-1924 e de Amsterdã-1928.
 
O Brasil, o café e os profissionais
 
A crise financeira no Brasil também fez a diferença nos Jogos. O governo brasileiro financiou a viagem dos atletas para Los Angeles em troca de trabalho. A delegação embarcou com 50 mil sacas de café em um navio e tinha de vender a semente pelo caminho. Quem não vendesse não competiria.
 
Dos 69 atletas que foram para os Estados Unidos, 24 retornanram. Além dos esportistas que superaram a "eliminatória do navio", outros 13 viajaram por conta própria, completando a equipe.
 
Entre os 58 atletas brasileiros havia apenas uma mulher, a nadadora Maria Lenk, que se tornou a primeira atleta sul-americana a competir numa Olimpíada. Lenk participou dos 100 m livre, dos 100 m costas e dos 200 m peito, prova em que foi eliminada nas semifinais. A atleta aprendeu a nadar no rio Tietê e ficou conhecida no país por introduzir por aqui o nado borboleta.
 
Entre os homens, poucos se destacaram. O corredor Adalberto Cardoso, por exemplo, precisou de um esforço sobre-humano para disputar a prova dos 10.000 m. O navio brasileiro aportou em San Francisco, e Cardoso precisou ir a pé e de carona até Los Angeles. Depois de um dia, chegou ao local da prova, bastante atrasado. Cardoso juntou-se aos demais atletas quando faltavam só dez minutos para a largada. Com toda essa trapalhada, terminou a corrida em último. Sua história acabou rendendo notícias nos jornais norte-americanos. O "Los Angeles Times" apelidou o brasileiro de "O Homem de Ferro".
 
Nos outros países, dois grandes nomes do atletismo mundial não participaram dos Jogos: o finlandês Paavo Nurmi e o francês Jules Ladomegue. Nurmi foi proibido de participar pela Federação Internacional de Atletismo um dia antes da cerimônia de abertura, acusado de ter exigido o pagamento de um percentual sobre os ingressos vendidos nas corridas de que participava. Ladoumegues, por sua vez, foi suspenso pela federação francesa pelo mesmo motivo, mas esteve em Los Angeles como enviado especial do jornal "L'Intransigeant".
Classificação de 1932
  País Ouro Prata Bronze  
Estados Unidos 41 32 30 103
Itália 12 12 12 36
França 10 5 4 19
Suécia 9 5 9 23
Japão 7 7 4 18
Hungria 6 4 5 15
Finlândia 5 8 12 25
Reino Unido 4 7 5 16
Alemanha 3 12 5 20
10º Austrália 3 1 1 5
11º Argentina 3 1 0 4
12º Canadá 2 5 8 15
13º Holanda 2 5 0 7
14º Polônia 2 1 4 7
15º África do Sul 2 0 3 5
16º Irlanda 2 0 0 2
17º Tchecoslováquia 1 2 1 4
18º Áustria 1 1 3 5
19º Índia 1 0 0 1
20º Dinamarca 0 3 3 6
21º México 0 2 0 2
22º Letônia 0 1 0 1
Nova Zelândia 0 1 0 1
Suíça 0 1 0 1
25º Filipinas 0 0 3 3
26º Espanha 0 0 1 1
Uruguai 0 0 1 1
+ Mais

Ficha

Países participantes
37
Número de modalidades
16
Número de atletas
1.332 (1206 homens, 126 mulheres)
Participação do Brasil
Sem medalhas
Data de abertura
30 de Julho de 1932
Data de encerramento
14 de Agosto de 1932

Pôster e Medalha

Já conhece os de Berlim-1936? Confira

UOL Cursos Online

Todos os cursos