Adhemar Ferreira da Silva vira lenda do esporte brasileiro na primeira Olimpíada na Austrália

Em 1956, quando Adhemar Ferreira da Silva saltou 16,35 m na final do salto triplo, estabeleceu um recorde que perduraria pelos próximos 48 anos. A marca não foi a melhor do mundo à época, nem mesmo a melhor da carreira do saltador. Mas foi com ela que Adhemar chegou ao bicampeonato olímpico, feito só igualado por brasileiros nos Jogos de Atenas, em 2004, pelos velejadores Torben Grael e Robert Scheidt e pelos jogadores de vôlei Maurício e Giovane.
 
O atleta paulista foi o único destaque do Brasil na Olimpíada de Melbourne. Com a distância, o alto custa da viagem e o cenário internacional incerto, apenas 48 brasileiros disputaram os Jogos. Em Helsinque-1952, a delegação verde-amarela teve 107 representantes.
 
Adhemar foi o único brasileiro a ganhar uma medalha em Melbourne. Como campeão olímpico em 1952, ele tinha quebrado o recorde mundial da prova em 1955, com a marca de 16,55 m, nos Jogos Pan-Americanos da Cidade do México. Em 1956, superou o islandês Vilhjalmur Einarsson, com 16,35 m. A marca era o novo recorde olímpico.
 
Dois anos mais tarde, em 1958, Adhemar mostrou seu lado artístico, atuando no filme "Orfeu Negro". Ele ainda foi escultor, professor de educação física, formou-se em direito e licenciou-se em relações públicas. Falava fluentemente cinco idiomas e trabalhou na embaixada do Brasil na Nigéria. Morreu no dia 12 de janeiro de 2001, aos 73 anos, vítima de diabetes.
 
O Brasil ainda levou outra lenda do esporte para a Austrália. Eder Jofre, o primeiro boxeador brasileiro campeão mundial, chegou perto da medalha. O paulista foi derrotado nas quartas de final, por pontos, pelo chileno Cláudio Barrientos, na categoria galo.
 
Clima político tenso
 
Na primeira Olimpíada do hemisfério Sul, fora do eixo Europa-América do Norte, o Comitê Olímpico Internacional violou pela primeira vez a Carta Olímpica. A lei australiana impôs uma quarentena de seis meses a todo cavalo procedente de outro país. O COI decidiu, então, mandar para Estocolmo, na Suécia, as provas de hipismo.
 
Os problemas dos Jogos, porém, não pararam aí. O contexto político internacional da época era preocupante. A intervenção franco-britânica no canal de Suez (Egito), o segundo conflito árabe-israelense, a violência na África do Norte, motivada pelas lutas pela independência, e a intervenção dos tanques soviéticos em Budapeste criaram dúvidas sobre a disputa dos Jogos.
 
Egito, Iraque e Líbano boicotaram a Olimpíada em protesto pelo conflito árabe-israelense. Israel enviou uma delegação de três atletas, por causa da convocação para servir o Exército. Holanda, Espanha e Suíça não foram aos Jogos para protestar contra a invasão à Hungria. A China popular não participou por causa da presença de Formosa (atual Taiwan).
 
A intervenção soviética na Hungria causou tanta revolta que, no polo aquático, membros das equipes soviética e húngara trocaram socos dentro da piscina. O jogo precisou ser suspenso quando a Hungria vencia por 4 a 0 e a polícia entrou em cena. Nesse cenário, a União Soviética terminou pela primeira vez na frente dos Estados Unidos no quadro de medalhas (98 a 74).

 

Classificação de 1956
  País Ouro Prata Bronze  
União Soviética 37 29 32 98
Estados Unidos 32 25 17 74
Austrália 13 8 14 35
Hungria 9 10 7 26
Itália 8 8 9 25
Suécia 8 5 6 19
Alemanha 6 13 7 26
Reino Unido 6 7 11 24
Romênia 5 3 5 13
10º Japão 4 10 5 19
11º França 4 4 6 14
12º Turquia 3 2 2 7
13º Finlândia 3 1 11 15
14º Irã 2 2 1 5
15º Canadá 2 1 3 6
16º Nova Zelândia 2 0 0 2
17º Polônia 1 4 4 9
18º Tchecoslováquia 1 4 1 6
19º Bulgária 1 3 1 5
20º Dinamarca 1 2 1 4
21º Irlanda 1 1 3 5
22º Noruega 1 0 2 3
23º México 1 0 1 2
24º Brasil 1 0 0 1
Índia 1 0 0 1
26º Iugoslávia 0 3 0 3
27º Chile 0 2 2 4
28º Bélgica 0 2 0 2
29º Argentina 0 1 1 2
Coréia do Sul 0 1 1 2
31º Islândia 0 1 0 1
Paquistão 0 1 0 1
33º África do Sul 0 0 4 4
34º Áustria 0 0 2 2
35º Bahamas 0 0 1 1
Grécia 0 0 1 1
Suíça 0 0 1 1
Uruguai 0 0 1 1
+ Mais

Ficha

Países participantes
72
Número de modalidades
19
Número de atletas
3.314 (2.938 homens, 376 mulheres)
Participação do Brasil
24º lugar
Data de abertura
22 de Novembro de 1956
Data de encerramento
08 de Dezembro de 1956

Pôster e medalha

Já conhece os de Roma-1960? Confira

UOL Cursos Online

Todos os cursos