Maurine reforça imagem sexy ao posar só de calcinha, mas descarta posar nua

Gustavo Franceschini
Do UOL, em São Paulo

  • Thiago Solano/Divulgação

    Maurine diz ter feito fotos só de calcinha para "consumo próprio"

    Maurine diz ter feito fotos só de calcinha para "consumo próprio"

Sempre lembrada em listas entre as jogadoras de futebol mais bonitas, Maurine decidiu explorar seu lado sensual. Presença quase certa nos Jogos Olímpicos de Londres-2012, a lateral da seleção brasileira ousou e fez um ensaio picante com um fotógrafo amigo. Ela diz ter feito fotos só de calcinha para “consumo próprio”, mas não descarta trabalhos do tipo no futuro. Só não vale tirar toda a roupa.

MAURINE DIZ QUE FICOU COM VERGONHA

  • Thiago Solano/Divulgação

    "No começo eu fiquei envergonhada...não é normal tirar a roupa, né?", falou a jogadora.

“É a primeira vez que faço algo assim. No começo eu fiquei envergonhada, mas o trabalho dos profissionais me ajudou muito. Não é normal tirar a roupa, né? Eu gostei. Ficou legal, diferente. Não ficou vulgar, não ficou mostrando nada. Calcinha é normal. Eu não pensei nisso [em novos ensaios no futuro]. Se acontecer é bom. Eu gosto de tirar fotos, mas não faria ensaio nu”, disse a jogadora, em entrevista ao UOL Esporte.

Segundo ela, a sugestão do ensaio foi do fotógrafo Thiago Solano, com quem ela estava fazendo outras fotos. Maurine diz ter feito tudo “para ela mesma”, mas comemora a possibilidade de atrair atenção - e patrocinadores - para o futebol feminino, que sofreu um duro baque no fim do ano passado com o fim do time do Santos.

Hoje no Centro Olímpico, time recém-formado em São Paulo, ela não participou do calendário de biquíni estrelado pelas atletas da Vila Belmiro no primeiro semestre do ano passado, que tentava atrair investidores para a equipe. Maurine, que estava nos Estados Unidos na época, vê com bons olhos o tratamento dado às jogadoras, cada vez mais destacadas pela beleza e pela sensualidade.

“Não me incomoda não. É até bom que eles olhem de outra maneira. Antigamente, tinha aquela coisa de preconceito com as jogadoras. Hoje em dia os olhos dos torcedores mudaram com relação ao futebol”, avaliou.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos