UOL Olimpíadas 2008 Notícias

16/08/2008 - 12h39

Com sufoco, Argentina avança para pegar o Brasil na semifinal

Do UOL Esporte
Em São Paulo
A seleção argentina bateu neste sábado a Holanda por 2 a 1, com um gol de Di Maria perto do fim do primeiro tempo da prorrogação, e será a adversária do Brasil na semifinal do torneio olímpico de futebol masculino. Apesar do favoritismo, a Argentina permitiu muitas chances à equipe holandesa e sofreu pressão até o fim do jogo.

Cézaro De Luca/EFE
Messi comemora gol contra a Holanda, no jogo que classificou a Argentina à semi
VEJA FOTOS DA PARTIDA
BRASIL VENCE CAMARÕES
LEIA MAIS SOBRE FUTEBOL
RESULTADOS DOS JOGOS
NOTÍCIAS DE PEQUIM
Mais uma vez o craque Messi, que quase ficou fora dos Jogos Olímpicos de Pequim, fez a diferença para os argentinos, marcando um gol e fazendo um passe perfeito para Angel Di Maria garantir a classificação dos atuais campeões olímpicos.

A equipe argentina começou a partida disposta a impor seu jogo. Salvo alguns poucos chutes perigosos contra o gol de Ustari, os argentinos tiveram o controle no início da partida e conseguiram o gol logo a 14min. Messi foi lançado em velocidade e, com seu característico drible curto, tirou o goleiro Vermeer do lance para colocar a Argentina em vantagem.

Após sofrer o gol, o time holandês passou a arriscar mais, mas a defesa argentina não chegou a sofrer pressão. Com uma marcação forte no meio-campo, mantendo a posse de bola, a Argentina tentou segurar o resultado até o intervalo.

Aos 36min, no entanto, os holandeses conseguiram o empate com o atacante Bakkal. Após jogada ensaiada em cobrança de falta, a bola foi desviada e sobrou livre para o camisa 17, que colocou para o fundo das redes. A defesa argentina parou no lance, pedindo um impedimento que não houve.

Com três chutes a gol contra dois dos holandeses, a superioridade dos argentinos não se converteu em chances claras no primeiro tempo, que terminou empatado em 1 a 1.

No segundo tempo, o atacante Aguero teve grande chance de marcar para a Argentina logo aos 6min, mas perdeu o gol frente a frente com o goleiro holandês. Sem inspiração e muito marcada, a dupla Riquelme e Messi pouco conseguiu criar na segunda etapa.

A Holanda, por seu lado, levou perigo em suas poucas oportunidades. A quatro minutos do fim da partida, os europeus perderam uma chance incrível com Drenthe, que errou o chute sozinho contra o goleiro argentino Romero.

A prorrogação seguiu no mesmo ritmo arrastado, até que aos 14min o craque Messi viu a chegada de Angel Di Maria pela esquerda e fez um belo lançamento rasteiro. O argentino avançou e colocou a bola por baixo do goleiro Vermeer, marcando o gol que pôs os campeões olímpicos de novo em vantagem.

Na etapa complementar da prorrogação, a equipe argentina tentou diminuir o ritmo do jogo e, com sustos até o fim da partida, conseguiu garantir passagem a mais uma semifinal olímpica.

A semifinal entre Brasil e Argentina está marcada para as 10h (horário de Brasília) de terça-feira. A outra partida, valendo vaga na final olímpica, será entre Bélgica e Nigéria, que se enfrentam às 7h (em Brasília) do mesmo dia.

Compartilhe: