Natação

Fina confirma vaga que havia cassado de nadadora grega na Olimpíada de 2016

Mark Ralkston/AFP Photo
Kristel Vourna conquistou índice B e foi convidada; Fina cancelou vaga, mas voltou atrás imagem: Mark Ralkston/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

A nadadora grega Kristel Vourna foi confirmada nesta sexta-feira como uma das integrantes da delegação de seu país na disputa dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Vourna garantiu sua vaga em julho, conquistando o índice para a disputa dos 100 m borboleta, mas teve a participação cassada pela Federação Internacional de Natação (Fina) sob alegação de “erro administrativo" da entidade. A própria Federação, porém, se corrigiu e confirmou nesta sexta-feira a presença da grega na Rio-2016.

Segundo o regulamento da Fina, um país só pode ter dois atletas em uma mesma prova se tiverem índices nível A. Vourna havia conquistado a índice B, acima do tempo da compatriota Anna Doundounaki (índice A); porém, o COI se confundiu e convidou as duas, cancelando mais tarde o convite a Vourna.

@kristelvourna/Twitter
Kristel Vourna disputará Olimpíada pela segunda vez imagem: @kristelvourna/Twitter
Fora dos Jogos de 2016, a nadadora grega chegou a ser convidada para a assistir às competições com todas as despesas pagas. O caso só foi esclarecido após discussões entre o Comitê Olímpico Helênico (KOE), o Comitê Olímpico Internacional (COI) e a Fina. Diante dos argumentos, Vourna também garantiu vaga.

“As últimas semanas foram estranhas. Passei por todos os tipos de emoções. Mas agora, as mais fortes delas são o alívio e a alegria por ir ao Rio”, disse Vourna à agência Reuters. “Não esperava que a Fina mudasse de ideia no fim. Fiquei mais chateada – e brava, na verdade – do que qualquer outra coisa”, acrescentou.

Será a segunda participação de Kristel Vourna em Jogos Olímpicos. Em 2012, a grega foi até as semifinais nas eliminatórias dos 100 m borboleta e do revezamento 4 x 100 m livre.

topo